Fale conosco

O que vc está procurando?

CineBuzz

Séries

12 anos de “Glee”: Relembre performances memoráveis da série

Série estreou no dia 19 de maio de 2009 e fez sucesso com seis temporadas

12 anos de "Glee": Relembre as memoráveis performances da série (Divulgação/FOX)
12 anos de "Glee": Relembre as memoráveis performances da série (Divulgação/FOX)

Há 12 anos, no dia 19 de maio de 2009, chegava às telinhas norte-americana o primeiro episódio de “Glee”, série musical que se tornaria um fenômeno nos anos seguintes. Criada por Ryan Murphy, à época conhecido pelas séries “Popular” e “Nip/Tuck” e hoje com um extenso currículo que inclui “American Horror Story“, “Pose”, “The Politician” e, mais recentemente, “Hollywood”, a produção mostrava o professor Schuester (Matthew Morrison) tentando reativar um clube musical no Colégio McKinley.

Para a tarefa, Schuester reúne a aspirante a estrela da Broadway, Rachel Berry (Lea Michele), o igualmente estelar Kurt Hummel (Chris Colfer), a dona de uma voz poderosa Mercedes Jones (Amber Riley), a tímida Tina Cohen (Jenna Ushkowitz), o cadeirante Artie Abrams (Kevin McHale) e o jogador de futebol Finn Hudson (Cory Monteith) para formar o Novas Direções. Com o time, entre muitos percalços, ele consegue fazer com que o grupo alcance o sucesso, degrau por degrau.

Sendo uma série musical, é claro que não poderiam faltar músicas e performances memoráveis que marcaram “Glee” ao longo de suas seis temporadas. Nessa lista, em comemoração ao aniversário de 12 anos da estreia, dez delas que, até os dias de hoje, não saem da cabeça dos fãs. Confira:

Don’t Stop Believin’

A primeira música a fazer um sucesso explosivo entre os fãs de “Glee” foi Don’t Stop Believin’, originalmente cantada pelo grupo Journey. A música foi apresentada no primeiro episódio e, a partir dali, não existiu mais “Glee” sem Don’t Stop Believin’, tanto que ela não ficou apenas no capítulo de estreia, mas voltou a ser reapresentada algumas vezes em outras temporadas. Por aqui, ficamos com a primeiríssima versão:

Loser Like Me

A princípio, ao escolherem participar do clube Glee, Rachel e companhia não tiveram um segundo de sossego. Chamados constantemente de “losers” (“perdedores”), eles decidiram assumir o título e a primeira música original do time fala justamente sobre isso:

Seasons of Love

Pouco antes da estreia da quinta temporada, o ator Cory Monteith faleceu. Em um dos episódios mais emocionantes de toda a série, Finn Hudson também disse adeus. Para homenageá-lo, os colegas de clube cantaram Seasons of Love, da trilha sonora do musical “Rent“, em uma performance de arrancar lágrimas até dos mais durões:

Make You Feel My Love

Namorada de Finn (assim como Lea Michele era de Cory Monteith na vida real), Rachel Berry mal aparece no episódio de despedida do personagem. Porém, nos minutos finais, ela retorna e, em uma performance emocionante, diz um adeus particular ao namorado, em outro momento emocionante e marcante da série:

I Feel Pretty / Unpretty

Quando Rachel tem a oportunidade de “consertar” o nariz que a incomodou durante toda a vida, muitos são contra a mudança e dizem que a garota é bonita do jeito que é. Arqui-inimiga de Rachel, Quinn (Dianna Agron) é a única que a incentiva a mudar, se é isso que ela realmente deseja.  A trama rendeu um dos momentos mais emocionantes da série e deixou a lição de que ninguém precisa mudar para agradar aos padrões de outras pessoas:

Beautiful

“Glee” sempre valorizou a importância de amar a si mesmo, independente do que os outros pensam. Em um dos episódios, Mercedes (Amber Riley) tenta entrar para o time de líderes de torcida, mas é rejeitada por ser gorda. A garota decide não abaixar a cabeça e, na frente de toda a escola, declara que é linda, como na música cantada originalmente por Christina Aguilera:

Teenage Dream

Após sofrer ataques homofóbicos, Kurt (Chris Colfer) decide mudar de colégio. Na nova escola, ele é logo apresentado ao grupo musical de lá, os Warblers, e é quando ele tem a primeira visão daquele que seria o grande amor da vida dele, Blaine Anderson (Darren Criss). A música escolhida para o encontro foi Teenage Dream, da Katy Perry, cantada em uma versão à capela que não fica muito atrás da original:

Landslide

Santana (Naya Rivera) e Brittany (Heather Morris) percorreram um longo caminho até se aceitarem como eram e assumirem o amor que sentiam uma pela outra. Antes disso, ao lado da convidada especial Gwyneth Paltrow, elas fizeram uma versão emocionante de Landslide, que as ajuda a entender muito dos medos e das inseguranças do relacionamento: 

Keep Holding On

Adolescente e grávida, Quinn (Dianna Agron) entra em desespero ao ser expulsa de casa. Porém, ela não esperava que os amigos do grupo Novas Direções a apoiaram e a ajudariam até nos momentos mais difíceis. Keep Holding On, original na voz de Avril Lavigne, ilustrou bem o compromisso dos companheiros de clube em estarem sempre juntos:

Vogue

Por fim, a performance de Sue Sylvester (Jane Lynch) de Vogue, da Madonna, no primeiro episódio especial da série. A capitã das líderes de torcida sempre foi avessa ao clube musical, mas não podia deixar de mostrar o seu talento ao menos uma vez e, no episódio dedicado à rainha do pop, fez bonito até demais:

As 6 temporadas de “Glee” estão disponíveis na Netflix.