Fale conosco

O que vc está procurando?

CineBuzz

Famosos

Caso Noel Clarke: mais denúncias de abuso no set de “Doctor Who”

O colega de set, John Barrowman, também é acusado de comportamento impróprio

Caso Noel Clarke: mais denúncias de abuso no set de "Doctor Who" (Divulgação/BBC)
Caso Noel Clarke: mais denúncias de abuso no set de "Doctor Who" (Divulgação/BBC)

O caso Noel Clarke parece estar longe do fim, o ator e produtor, que já havia sido exposto semana passada após denúncia de 20 mulheres, agora está sendo acusado por outras colegas de set de terem sido tocadas inapropriadamente e assediadas sexualmente por ele no set de “Doctor Who”, segundo apurou o The Guardian.

As novas acusações ocorrem uma semana após a ITV, a Sky e a BBC anunciarem que cortaram os laços com Clarke depois que o The Guardian publicou o depoimento de 20 mulheres que o acusaram de toques, assédio sexual e intimidação.

As mulheres alegam assédio sexual no set de “Doctor Who” e em um evento promocional do programa. Os incidentes são caracterizados pelo relatório do The Guardian como “pegadinhas inapropriadas disfarçadas de comportamento sexual predatório”.

JOHN BARROWMAN

O ator John Barrowman, intérprete de Capitão Jack Harkness em “Doctor Who”, também recebeu acusações e as descreveu como “tolices”, dizendo que nunca pretendeu que as brincadeiras fossem interpretadas como sexuais. Barrowman também declarou, por meio de seus advogados, que não tinha conhecimento das acusações contra Clarke.

No vídeo abaixo, de 2015, viralizado na última semana, Noel Clarke está em uma convenção e faz piadas sobre John Barrowman ter exibido seu pênis no set de “Doctor Who” e constantemente encostá-lo nas colegas. Ele chega a questionar Camille CoduriLembra daquela vez em que ele colocou o pênis no seu ombro?“. E ela responde: “Sim, eu lembro“.

CARTA ABERTA

Na quinta (6), mais de 900 membros da indústria do entretenimento britânica, incluindo o apresentador Dermot O’Leary, o ator Jim Sturgess e a ex-produtora do Channel 4, Kelly Webb-Lamb, assinaram uma carta aberta pedindo “o fim desta cultura que fecha os olhos aos predadores e assediadores que atuam à vista de todos”.

A rede BBC disse que investigaria quaisquer novas alegações e pediu às testemunhas que entrassem em contato com a corporação acerca dos incidentes no set de “Doctor Who”, dizendo que se posicionava “contra todas as formas de comportamento impróprio e estamos chocados ao ouvir essas alegações“.