Fale conosco

O que vc está procurando?

CineBuzz

Famosos

Mj Rodriguez comemora indicação histórica ao Emmy: “Eu finalmente me sinto vista”

Atriz foi indicada ao prêmio por sua atuação na terceira e última temporada de “Pose”

Mj Rodriguez como Bianca Evangelista em "Pose" (Divulgação/FX)
Mj Rodriguez como Bianca Evangelista em "Pose" (Divulgação/FX)

Mj Rodriguez fez história ao se tornar a primeira artista trans a ser indicada a uma categoria de atuação em série dramática no Emmy 2021 por sua atuação em “Pose”, do FX, como a enfermeira Bianca Evangelista. Em entrevista ao Deadline, a atriz afirmou que se sente realizada pela nomeação.

“Finalmente me sinto vista”, declarou. “Meu tio faleceu e eu sinto que o estou celebrando porque sinto que ele colocou as mãos em mim e no elenco de Pose. Eu sou uma garota vinda do norte de Nova Jersey que tinha sonhos e aspirações como Whitney Houston, criança. Nunca pensei que isso pudesse acontecer comigo. Eu disse a mim mesmo que não importa o que aconteça, eu vou continuar e nunca parar”.

“Amo o que faço e represento cada interseccionalidade de ser uma artista trans que se identifica como mulher e por ser negra e latina. Isso mostra o que a condição humana pode fazer e como é lutar. Uma parte dessa luta foi finalmente vencida por toda uma nova geração, que é de muitas cores e de diferentes estilos de vida. Espero que, através da minha vitória, eles vejam que também podem fazer isso”, prosseguiu.

Rodriguez não foi a única integrante da equipe de “Pose” que recebeu indicações ao prêmio. A terceira e última temporada da trama criada por Ryan Murphy (“Glee”), Brad Falchuk e Steven Canals recebeu nove indicações ao Emmy, incluindo Melhor Ator para Billy Porter. Segundo a artista, ela se identificou com a protagonista desde o primeiro momento.

“Quando li o primeiro piloto, vi muitas semelhanças entre mim e essa mulher, como a forma como amamos, como nos importamos e como lutamos”, explicou. “Mas ela teve uma luta muito diferente da minha como uma pessoa com HIV e como uma mulher que veio do nada e ainda conseguiu ser uma ótima mãe. As palavras no roteiro ganharam vida e eu sabia que tinha que fazer justiça a ela porque essas são mais do que pessoas em uma história. Eu queria me ligar a todas as mulheres da comunidade trans e também de fora dela. Eu queria mostrar como é a resiliência e a feminilidade, independentemente do tipo de feminilidade que você representa”, completou.

Ambientada em Nova York no final da década de 1980, “Pose” conta a história de Bianca (Rodriguez), que abriga jovens da comunidade LGBTQIA+ que foram expulsos de suas casas. As três temporadas estão disponíveis na Netflix.