Fale conosco

O que vc está procurando?

CineBuzz

Famosos

Armie Hammer se interna em clínica de reabilitação

Ator é acusado por estupro e canibalismo

Armie Hammer ("Rebecca")se interna em clínica de reabilitação (Divulgação/Netflix)
Armie Hammer ("Rebecca")se interna em clínica de reabilitação (Divulgação/Netflix)

O ator Armie Hammer (“Me Chame Pelo Seu Nome”) se internou em uma clínica de reabilitação localizada na Flórida. De acordo com a revista Vanity Fair, o ator de 34 anos concordou em permanecer na clínica o tempo necessário para ficar saudável.

Segundo a revista, Armie teria contatado a ex-mulher, Elizabeth Chambers, para informar que pronto para deixar as Ilhas Cayman, onde estava desde março, e se internar em busca de tratamento para o vício em drogas, álcool e sexo.

Um amigo próximo do ator declarou à Vanity Fair: “Este é um sinal claro de que ele está retomando o controle [de] sua vida e sabe que este [é] um passo em direção ao seu bem-estar geral.

Além do processo de divórcio, Armie está envolvido, desde janeiro, em um escândalo denunciado por várias mulheres que acusam o ator de violência física e sexual, com elementos de tortura e até canibalismo.

CASO ARMIE HAMMER

No começo de janeiro, imagens de uma suposta conversa entre Armie e uma mulher vazaram na internet, na conversa o ator se diz “100% canibal”. Desde então, outras mulheres reiteraram o teor de diálogos com Armie não somente sobre fetiches envolvendo canibalismo, mas também abuso e estupro.

Em março, uma mulher chamada Effie prestou queixa contra o ator, de acordo com o portal TMZ, e a polícia Los Angeles abriu uma nova investigação contra o artista. A mulher afirmou que Armie a estuprou por mais de quatro horas em abril de 2017, além de ter batido sua cabeça contra a parede.

Desde então, Armie Hammer vem sendo afastado de várias produções, como “Shotgun Wedding” e “Billion Dollar Spy”, sendo a última delas a série “The Offer“, baseada nos bastidores de “O Poderoso Chefão”. Sua agência também o dispensou.

Ele nunca comeu carne humana, nunca bebeu sangue, nunca cortou um dedo do pé, nunca trancou ninguém em uma gaiola ou o que quer que esteja nessas mensagens malucas. Essas mensagens definitivamente não devem ser interpretadas literalmente, mesmo que ele as tenha enviado“, disse uma fonte, que optou por permanecer anônima, à revista Variety.

Desde o início das acusações, Armie se manifestou apenas para qualificar as denúncias como “uma besteira“.