Fale conosco

O que vc está procurando?

CineBuzz

Cinema

Margot Robbie não sabe quando voltará a viver Arlequina

A atriz interpreta a vilã desde 2016, quando assumiu o papel em “Esquadrão Suicida”

Margot Robbie não sabe se continuará como Harley Quinn (Divulgação/DC)
Margot Robbie não sabe se continuará como Harley Quinn (Divulgação/DC)

Margot Robbie, a atriz que deu vida a supervilã Arlequina nos filmes “Esquadrão Suicida” (2016), “Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa” (2020) e “O Esquadrão Suicida” – que chega sos cinemas e ao HBO Max em agosto – disse em entrevista para a Entertaiment Weekly que pretende dar uma pausa após todos esses anos interpretando o papel da vilã.

Sem previsão de volta, Margot Robbie falou do alívio em dar um tempo da personagem. “Foi meio seguido filmar ‘Aves de Rapina’ e filmar esse [filme, ‘O Esquadrão Suicida], então eu estava tipo, ‘ufa, eu preciso de uma pausa de Arlequina, porque ela é muito exaustiva”, declarou à EW. “Eu não sei quando a veremos novamente. Eu estou tão intrigada como tdo mundo”.

Durante a entrevista, Robbie foi pega de surpresa com alguns spoilers de sua personagem na versão de “Liga da Justiça” do diretor Zack Snyder, que estreou na HBO Max em março. Para quem assistiu ao longa, sabe que a última cena se passa em um futuro alternativo, em que a Arlequina morreu. “O queee? Eu não sabia disso. Obrigado por me contar”, divertiu-se.

Embora tenha ficado surpresa, foi coerente a história contada nos quadrinhos. “A versão cinematográfica do universo DC, eu realmente acho que eles é muito parecido com os quadrinhos. Você pega uma história e algo aconteceu. Então você a próxima história e talvez aquela personagem não está viva, talvez aquela personagem não está com aquela pessoa, talvez aquela personagem pareça completamente diferente.”, explicou.

“Cada filme tem seu próprio momento e eu acho que isso funciona no mundo dos quadrinhos, assim como no mundo dos filmes da DC. Não é como a Marvel, onde tudo é mais obviamente ligado numa linha mais linear. Parece que há tantas histórias, mundos e filmes adjacentes, acontecendo ao mesmo tempo, assim como nos quadrinhos”, concluiu,

Por fim, a atriz falou sobre “O Esquadrão Suicida” e como esse aspecto da DC fez com que James Gunn pudesse assumir a história, que antes havia sido levada aos cinemas por David Ayer (“Bright”), e transformar em algo único para ele. “Ele não teve que ficar em dívida com a versão que David Ayer . Ele pôde pegá-lo e torná-lo seu, o que tenho certeza que foi mais atraente para ele”, finalizou a intérprete de Arlequina.

SOBRE “O ESQUADRÃO SUICIDA”

Em “O Esquadrão Suicida”, Amanda Waller (Viola Davis) reúne os mais perigosos prisioneiros da penitenciária Belle Reve para uma missão. Liderados por Rick Flagg (Joel Kinnaman) e com a infame Arlequina (Margot Robbie) no time, eles devem partir para a remota ilha Corto Maltese. Se obedecerem e cumprirem a missão, os anti-heróis têm suas penas reduzidas. Caso contrário, morrem

A trama é inspirada nas HQs de John Ostrander e Kim Yale, publicadas pela DC Comics na década de 1980 e um dos grandes vilões do longa será a estrela-do-mar gigante, conhecida nos quadrinhos como Starro, o Conquistador.

O filme ainda conta com Idris Elba (“Vingadores: Guerra Infinita”), John Cena (“Velozes & Furiosos 9”), Jai Courtney (da franquia “Divergente”), Peter Capaldi (“Doctor Who”), Michael Rooker (da franquia “Guardiões da Galáxia”), Alice Braga (“Os Novos Mutantes”), Pete Davidson (“Saturday Night Live”), Nathan Fillion (“The Rookie”) e Sylvester Stallone (“Rambo”) no elenco.

“O Esquadrão Suicida” estreia em 5 de agosto nos cinemas brasileiros e 35 dias depois na plataforma de streaming HBO Max.