Fale conosco

O que vc está procurando?

CineBuzz

Cinema

Anya Taylor-Joy diz que acreditou que havia destruído sua carreira ao estrelar “A Bruxa”

Atriz ficou insegura com a recepção do público na estreia do filme de Robert Eggers

Anya Taylor-Joy diz que acreditou que sua carreira estaria destruída após estrelar "A Bruxa" (Divulgação/Universal Pictures)
Anya Taylor-Joy diz que acreditou que sua carreira estaria destruída após estrelar "A Bruxa" (Divulgação/Universal Pictures)

Anya Taylor-Joy foi um dos grandes destaques da última sessão de premiações por seu trabalho na série “O Gambito da Rainha”. Apesar do sucesso atual, ela não acreditava que teria ascensão da carreira da atriz após estrelar o terror “A Bruxa” (2015), de Robert Eggers.

Em conversa com jornalistas durante uma coletiva para promover a minissérie da Netflix para o Emmy deste ano, a artista revelou que ficou “devastada” após assistir ao filme de terror: “Pensei que nunca mais trabalharia novamente”.

“Rob [Eggers] nos mostrou o filme talvez duas horas antes da exibição ao público, e eu fiquei arrasada”, lembrou. “Pensei que nunca mais trabalharia, ainda sinto calafrios só de relembrar. Foi apenas a pior sensação, uma mistura de ‘Eu decepcionei as pessoas que mais amo no mundo’ com ‘Não fiz isso direito’. Considero-me uma mulher muito prolixa, gosto muito de falar, mas na ocasião fiquei muda. Só chorava. Não aguentei ver meu rosto tão grande assim!”.

Tudo não passou de insegurança de Anya, já que após a estreia do longa ela entrou para o elenco de “Novos Mutantes”, “Fragmentado”, a adaptação de “Emma” e também a recente minissérie “O Gambito da Rainha”. Além disso, a atriz está se preparando para interpretar Furiosa em um derivado de “Mad Max: Estrada da Fúria”, de George Miller.

O filme “A Bruxa” é ambientado em 1630 e acompanha a história de um fazendeiro, que acaba sendo expulso de suas terras e precisa morar com a família em um pequeno terreno ao lado de uma floresta sinistra. De acordo com uma lenda urbana, o local é o lar das bruxas e de serem misteriosos.