Fale conosco

O que vc está procurando?

CineBuzz

Cinema

“A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas” quase teve o Homem-Aranha

A breve aparição ligaria a animação a “Homem-Aranha no Aranhaverso”, de 2019

"A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas" quase teve o Homem-Aranha. (Divulgação/Netflix/Sony)
"A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas" quase teve o Homem-Aranha. (Divulgação/Netflix/Sony)

A animação “A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas”, lançada pela Netflix em parceria com a Sony Animation na última sexta-feira (30), quase contou com a participação do Homem-Aranha, segundo informação do diretor Mike Rianda em entrevista para o Inverse.

Rianda comentou que a ideia era ter pelo menos um cameo do Homem-Aranha em uma cena do filme, fazendo com que “A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas” fizesse parte do universo animado do Aranhaverso.

Tudo isso porque os produtores de “A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas” também produziram a animação “Homem-Aranha no Aranhaverso”, vencedora do Oscar de Melhor Animação em 2019.

Eu me lembro de tentar colocar um Homem-Aranha descabelado e espinhento no fundo de uma cena, mas as pessoas pensavam: ‘Olha, nós temos que terminar o filme’. Mas eu definitivamente acho que isso é possível. Talvez haja um “A Família Mitchell no Aranhaverso” ou “A Família Mitchell vs Homem-Aranha” , projetou Rianda.

PRODUÇÃO

Para produzir o filme, a Sony Pictures Imageworks utilizou a mesma técnica de animação de “Homem-Aranha no Aranhaverso”. No entanto, “A Família Mitchell” deu mais trabalho por contar com personagens mais próximos à realidade e não inspirados em personagens das HQs.

O maior desafio foi a criação de Rick Mitchell, o patriarca dublado por Danny McBride na versão original. Com um design corpulento, barba, cabelo e bigode, Rick talvez seja o personagem mais ambicioso da Sony Animation até hoje.

Com Rick Mitchell, eles [a Sony] disseram que este era o seu personagem mais custoso”, disse Rianda. “Nós ficávamos pensando: ‘a barba dele precisa ser mais irregular’. Mas eu estou muito feliz por termos feito isso, porque quando você vê o filme, os personagens parecem quase feitos à mão e isso enfatiza sua humanidade.